Policiais civis decidem por manifestação na ALBA por melhores condições de trabalho


Policiais civis decidem por manifestação na ALBA por melhores condições de trabalho
Foto: Ascom / Sindpoc
Em assembleia realizada nesta sexta-feira (10), no Teatro do ISBA, em Ondina, os policiais civis aprovaram "ocupar" a Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA) na próxima segunda (13) e terça-feira (14). O objetivo da ação é pressionar os deputados estaduais a incluir Emendas ao Projeto-Lei 22.549/2017, que altera a estrutura remuneratória dos policiais civis e militares. A categoria reivindica a inclusão da Aposentadoria com Integralidade, pagamento da GAP 5 para os policiais novos, GAPJ e GAJ, aumento do auxílio-alimentação e adicional de periculosidade. A categoria reafirmou, em nota enviada à imprensa, que "não irá aderir à escala do carnaval, caso a gestão estadual não faça a correção dos valores pagos pelas diárias, horas extras e o plantão do carnaval de 2018". De acordo com o presidente do Sindicato dos Policiais Civis e Servidores da Segurança Pública do Estado da Bahia (Sindpoc), Marcos Maurício, os policiais civis darão continuidade às mobilizações e intensificarão as manifestações de rua em Salvador e no interior baiano. "As entidades ratificaram o foco da luta pela reestruturação remuneratória a qual segue critérios técnicos, jurídicos, constitucionais e profissionais baseados na atividade de investigação criminal e de polícia judiciária", afirmou.

COMPARTILHAR

Publicado por:

Anterior
Proxima
Os comentários publicados aqui por você, são de sua inteira responsabilidade.