Após chuvas, cratera é aberta em rodovia do Anel da Soja e agricultores precisam tapar buraco, em Luís Eduardo Magalhães


Uma cratera foi aberta na BA-460, no oeste do estado, no trecho que liga o município de Luís Eduardo Magalhães ao estado de Tocantins, na última terça-feira (14).

A rodovia faz parte do Anel da Soja, um dos trechos mais importantes por escoamento da produção de grãos no estado. Mais de cem fazendas dependem dessa estrada.

Para evitar prejuízos, os agricultores da região taparam o buraco com terra na quinta-feira (16), mas a pista continua com rachaduras e o tempo chuvoso segue oferecendo risco ao asfalto. Além disso, também falta acostamento para os motoristas.

Todo dia, passam pelo trecho da BA-460 caminhões pesados, carregados com soja, milho e pluma de algodão. No local onde abriu a cratera, a pista ficou com desnível e o afundamento.

O motorista Nilvan de Oliveira diz que não é a primeira vez que a pista se abriu com as chuvas. “Teve uns dois anos atrás que essa pista cedeu e isso é muito perigoso. Com as chuvas agora, tem que ter atenção muito grande”, reclama.

A Secretaria de Infraestrutura do Estado (Seinfra) informou que enviou uma equipe de manutenção para realizar reparos na rodovia. De acordo com a secretaria, o trecho da BA-460 deve passar por serviços de recuperação, com pavimentação do acostamento, e que esta obra está em fase de contratação.

COMPARTILHAR

Publicado por:

Anterior
Proxima
Os comentários publicados aqui por você, são de sua inteira responsabilidade.