Anvisa: Pessoas que nunca tiveram dengue não devem tomar vacina por risco de casos graves




A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) afirmou nesta quarta-feira (29) que a vacina contra dengue não é recomendada para pessoas que nunca tiveram contato com o vírus. De acordo com nota divulgada nesta quarta-feira (29), o laboratório Sanofi-Aventis, responsável pela fabricação do imunizante, apresentou informações preliminares que apontam que indivíduos podem desenvolver formas mais graves de dengue caso sejam imunizados sem contato prévio com o vírus. Ainda resultados conclusivos quanto à suspeita, que será avaliada pela Anvisa. Incialmente, a bula da vacina será atualizada. "Neste momento, e até que a avaliação seja concluída, a recomendação é que a vacina não seja tomada por pessoas soronegativas, ou seja, pessoas que nunca tiveram contato com o vírus da dengue. Esclarecemos que este risco não havia sido identificado nos estudos apresentados para o registro da vacina na população para a qual a vacina foi aprovada", diz a Anvisa em nota. Nomeado Dengvaxia, o imunizante foi aprovado no Brasil em 28 de dezembro de 2015 e não é oferecida pelo Programa Nacional de Imunizações. Antes do registro, a vacina foi estudada em mais de 40 mil pessoas em todo o mundo. Atualmente, essa é a única vacina contra dengue aprovada no Brasil.

COMPARTILHAR

Publicado por:

Anterior
Proxima
Os comentários publicados aqui por você, são de sua inteira responsabilidade.